Nota explicativa, porque vocês merecem

Se alguém deu falta da minha ilustre presença por aqui, sinto muito, mas, de fato, ando com dificuldades para escrever postagens. Não é falta de ideias nem quaisquer dessas insatisfações típicas. Só preciso terminar a revisão do meu romance até 17 de fevereiro. Falta pouco, menos de 50 páginas, provavelmente vou terminar antes dessa data, mas, depois, quero me dedicar a alguns contos que há meses (alguns, há anos) são só ideias e precisam tomar forma. Ou seja, sim, quero escrever aqui e tenho os “meios” para tal, mas não é o mais importante para mim agora. Pode ser que eu surja com alguma coisa esses dias aí, tenho hábito de voltar do nada sempre que anuncio que vou me ausentar por um período fora do normal, mas, se não acontecer e isso aqui ficar um mês ou mais sem atualizações, t’aí o motivo, espero que vocês – os poucos vocês aí do outro lado da tela – aguentem esse terrível choque. O Delirium Scribens não acabou e nem vai acabar ainda, eu não morri ainda, está tudo bem ainda, só preciso focar em outras coisas e tenho pouco tempo para escrever, logo, decidi que, se vou escrever, não vai ser aqui por enquanto. É uma questão de prioridades e foco das energias, e acho que sempre deixei claro que o Delirium Scribens, desde seu primeiro dia de vida, é para ser uma plataforma para divulgar minha escrita, não para me fazer blogueiro – que é uma palavra que, por si só, eu detesto. Se o blogue entrasse no caminho da escrita, eu deixaria o blogue de lado até que as coisas normalizassem, e é isso que vai acontecer. O único tipo de postagem que pode continuar acontecendo com alguma regularidade é o das observações aleatórias, porque quase não me cobro para escrevê-las, são uma delícia de fazer e podem ser qualquer coisa. Postagens sobre livros, filmes, cultura, artigos mais elaborados sobre temas culturais e esse tipo de coisa maravilhosa que vocês costumam ver por aqui, até quando feito nas coxas, demanda muito do meu tempo e, infelizmente, disto eu ando com pouco ultimamente. Tenho intenções de voltar ao normal; acredito que, depois de terminado o romance, é bem possível que eu volte, já que contos, apesar de muito mais difíceis, cobram menos entrega de tempo, então, terminado um, pode ser que eu precise trabalhar mesmo no blogue só para relaxar a cabeça. Até a próxima, tentem não chorar demais. (E desculpem por eu não ter entregado o artigo sobre Punk Rock em Nova York na década de 1970 antes dessa pausa, comecei e estava indo que era uma beleza, mas vai ser um texto grande e talvez o mais trabalhoso que já escrevi para o blogue, por isso que ainda não vai sair.)

Anúncios

Recomeço

Esse blogue é o finado Delirando e Escrevendo. Aos poucos, as postagens antigas serão revisadas e passadas para cá, com devida referência a original, incluindo datas. Foram 4 anos de blogue, sem hiatos, logo, esperem conteúdo. Tudo que vier de novo será inserido aqui. Leitores novos, vocês vão aprender como funcionam as coisas daqui a pouco. Tenho poucas explicações sobre a mudança. Acho que preferência por essa vizinhança é a única, pelo menos a única que me vem à mente de início. Quem quiser ter uma prévia do que esperar, clique no link acima. Se gostar do que vir, continue por estas bandas. Coisas interessantes hão de surgir.